Daily Zohar 1372

Daily Zohar 1372
Zohar Pinchas, Vol. 20 (English)/Vol 15 (Hebrew)
Holy Zohar text. Daily Zohar -1372
Hebrew translation:

Hebrew

Pinchas 829-831

Isaías 4:6

“וְסֻכָּה תִּהְיֶה לְצֵל – יוֹמָם, מֵחֹרֶב; וּלְמַחְסֶה, וּלְמִסְתּוֹר, מִזֶּרֶם, וּמִמָּטָר”

“E a Sucá será uma sombra de dia para proteger do calor, e para refúgio e um abrigo contra a tempestade e a chuva”

O Zohar cita Isaías e afirma que como a Arca de Noé, que forneceu a proteção dos juízos fora da arca, a Sucá oferece a mesma proteção. Noé foi convidado a trazer “de toda a ‘vida'”, “מכל החי”. A ‘vida’, חי é numericamente 18, para as 18 bênçãos na oração que são divididas em nove para a luz direta das Sefirot de Keter para Yessod e nove para a luz de retorno de Yessod para Keter. Malchut não tem luz própria e a energia da “vida” vem das nove Sefirot acima dela. Nós revelamos a luz superior em Malchut quando a ’empurramos’ para cima, restringimos, e criamos luz retorno.

A luz espiritual é revelada de maneira semelhante a luz física. Podemos ver as coisas somente quando a luz é direcionada para um objeto (vaso) e o objeto reflete a luz de volta. O preto representa o desejo para si mesmo. Ele engole a luz, mas permanece na “escuridão”. O branco compartilha tudo que recebe, mas tem uma grande revelação da luz.

A Shechiná é o aspecto da Sucá. Ela nos protege e espalha suas asas como uma mãe sobre seus filhos. Os sétimo é o aspectos da Shechiná. Os preceitos do Sucá estão no sétimo mês. No Shabbat, que é o sétimo dia, temos a elevação a Binah e a Shechiná é revelada. Por essa razão, abençoamos na sexta-feira à noite “הַפּוֹרֵס סֻכַּת שָׁלוֹם עָלֵינוּ”, “Bendito … aquele que espalha Sucá da paz em nós …”

Além de preservar a sabedoria da Cabalá para as gerações futuras, o rabino Shimon escreveu o Zohar para fornecer suporte para a Shechiná no exílio após a destruição do Templo Sagrado. Os segredos que são revelados no Zohar criam unificação do יהוה superior e do אדני inferior para fornecer proteção como na Sucá.

A Sucá סוכה é numericamente 91 como a combinação dos dois nomes יאהדונהי. Eu ouvi do Rabino Benyahu Shemueli, citando o Rabino Shimshon de Ostropoli (http://rabbishimon.com/tzadikim/showz.php?p=shimshonostro.htm , http://en.wikipedia.org/wiki/Samson_ben_Pesah_Ostropoli ) sobre a conexão entre os dois nomes e a Arca através das medidas da Arca.

Gênesis 6:15

“וְזֶה, אֲשֶׁר תַּעֲשֶׂה אֹתָהּ: שְׁלֹשׁ מֵאוֹת אַמָּה, אֹרֶךְ הַתֵּבָה, חֲמִשִּׁים אַמָּה רָחְבָּהּ, וּשְׁלֹשִׁים אַמָּה קוֹמָתָהּ”

“É assim que você deve fazê-la: o comprimento da arca de 300 côvados, a sua largura de 50 côvados, e sua altura de 30 côvados.”

Um côvado אמה = 18 polegadas ou 45 centímetros.

As medidas reais especificadas na Torah permite fazer um barco de bom tamanho, mas não um que possa conter todos os animais necessários a serem carregados nele.

O segredo das medições é a conexão com os nomes de Adonay, unificando os níveis superiores e inferiores.

Multiplicamos o valor das letras dos nomes uns com os outros, como na tabela abaixo para revelar a conexão e proteção da Arca.

Noah's Ark

Nós não precisamos de olhar para os restos da Arca de Noé no topo das montanhas Ararat, mas abrir os livros do Zohar. Quando estudamos o Zohar entramos em uma sucá espiritual que conecta o superior e o inferior e nos protege de julgamentos como se estivéssemos dentro da Arca de Noé.

DOWNLOAD PDF FILE

image_pdf